Biblioteca Itinerante de Abrantes

 

 

Destinatários População em Geral

 

| Pu­ca­riça 10h30 às 12h00Amo­reira 15h30 às 16h45Rio de Moi­nhos 17h30 às 19h15

 

27 Maio / 20 Junho / 8 Julho / 27 Julho / 17 Agosto / 6 Setembro / 23 Setembro / 14 Outubro / 2 Novembro / 22 Novembro / 13 Dezembro / 30 Dezembro

  


 

Serviços

Os lei­tores dis­põem de:
• es­paço in­te­rior oti­mi­zado para apre­sen­tação de li­vros, pe­rió­dicos, do­cu­mentos au­di­o­vi­suais e um com­pu­tador mul­ti­média com acesso à In­ternet;
• es­paço pró­prio para aten­di­mento e acon­se­lha­mento do pú­blico;
• mo­no­gra­fias, ma­te­rial au­di­o­vi­sual (dvd’s e cd’s), bem como pe­rió­dicos.  

 

Guia do utilizador / normas

O acesso aos serviços da Biblioteca Itinerante de Abrantes faz-se genericamente nos termos do Regulamento da Biblioteca Municipal António Botto, excetuando-se o seguinte articulado específico.

Em­prés­timo do­mi­ci­liário

O leitor pode re­qui­sitar para em­prés­timo do­mi­ci­liário:
• Um má­ximo de cinco (5) li­vros, até à data em que a bi­bli­o­teca iti­ne­rante volte à lo­ca­li­dade onde se pro­cedeu ao em­prés­timo;
• Po­derá também re­qui­sitar dois (2) do­cu­mentos au­di­o­vi­suais (1 CD + 1 DVD), pelo mesmo período de tempo;
• O em­prés­timo dos do­cu­mentos não po­derá ser re­no­vado;
• No caso de não de­vo­lução dos do­cu­mentos no prazo re­fe­rido, o leitor será con­tac­tado para pro­ceder à sua de­vo­lução ime­diata por ou­tras vias ou para pa­ga­mento do valor dos do­cu­mentos em sua posse.

 

História

A BIA (Bi­bli­o­teca Iti­ne­rante de Abrantes) en­trou em fun­ci­o­na­mento no dia 2 de maio de 2013. Esta bi­bli­o­teca iti­ne­rante é um ser­viço bá­sico para as po­pu­la­ções ru­rais, pois não sendo sus­ten­tável a cri­ação e ma­nu­tenção de bi­bli­o­tecas fixas em lo­ca­li­dades dis­persas e de pe­quenas di­men­sões, é ne­ces­sário tomar me­didas que mi­ni­mizem as suas di­fi­cul­dades de acesso à in­for­mação de qua­li­dade pro­por­ci­o­nada pelos li­vros e ou­tros re­cursos in­for­ma­tivos que sa­tis­façam as ne­ces­si­dades de lazer ou de tra­balho e ga­rantam a pos­si­bi­li­dade de se in­te­grarem em pro­cessos de for­mação per­ma­nente.

 

 

 

                       

 

Direitos de Autor @ 2016 Rio de Moinhos